Oi?

1x12 | Beauty And The Beast

My Home


Castle is FOREVER!

Four years we’ve been right here. Four years just waiting for you to just open both of your eyes to see that you are meant to be. And we are more than a shipper. Every Monday, we watch you because it’s the only thing that can paint a smile on our faces. Because we think that you are the most remarkable, maddening, challenging, frustrating TV couple we’ve ever shipped to. And we Love You!

 

Do you hear the people sing?

Queen

The Blue Butterfly



Now that’s the stuff that dreams are made of.

Now that’s the stuff that dreams are made of

Oooh... Hello!

Love, Love, Love a lot

If you be my honeysuckle


Be My Valentine!

Now every February you'll be my valentine, valentine ♥


Les Misérables Soundtrack



A part of Les Misérables soundtrack. I loved that movie! I hope you enjoy it!

"There’s a new world for the winning 
There’s a new world to be won 
Do you hear the people sing?"

Happy Valentine's Day

Fairy Tale



“Fairy tales are more than true: not because they tell us that dragons exist, but because they tell us that dragons can be beaten.”
― Neil Gaiman, Coraline

“And in what fairy tale would John ever be any sane person's idea of Prince Charming anyway? He was the opposite of charming. More like Prince Terrifying.”
― Meg Cabot, Abandon

Booth and Brennan | Bones 8x15

Resenha Cinquenta Tons de Cinza

"Feliz está longe de começar a dar a ideia de como eu me senti. Êxtase arrebatador chega perto."

Cinquenta Tons de Cinza tornou-se rapidamente um fenômeno. De repente tudo se referia a trilogia de E. L. James. De repente a malícia ganhou novos parâmetros e novas piadinhas. Quem nunca viu ou ouviu alguém citar "Fifty Shades of Grey"? Bem, não deixe que as opiniões sensacionalistas influenciem demais. Principalmente com o fato do erotismo. Foi o que eu fiz. Eu estava curiosa, então pedi a uma amiga que me emprestasse o seu exemplar. Eu estava preparada para rejeitá-lo, pois minha lista de leitura não envolve "romances adultos", mas aconteceu o oposto. 


"Será que preciso de um lembrete visual do lindo Christian 'Não Te Quero' Grey?"

Não vou mentir, há cenas eróticas no livro que fazem jus a tudo o que o tem sido dito do livro nesta área. Mas também há em filmes, e a probabilidade de deixar de assisti-lo completamente só por causa disso é quase nula. Eu gostei da história! Na verdade, adorei. É criativa, estimulante, e, de certa forma, inovadora. No começo eu estava louca para descobrir o segredo de C. Grey (na minha cabeça ele é tão bonito *-* hahaha) e depois eu queria saber o que a Ana iria fazer. Agora, eu continuo ansiosa para desvendar os mistérios desse homem e curiosa em como tudo vai terminar (é, estou chegando ao Cinquenta Tons Mais Escuros agora :/) O que eu gosto nele é a objetividade, e aquela coisa do "é quem eu sou", mas parece que ele pode mudar ao menos um pouquinho (spoilers? Alguém se habilita?).

"Freud adoraria saber disso. E então, provavelmente morreria tentando lidar com Christian."

E a Ana é uma personagem forte que parece (oi?  a mocinha indefesa mas também é a heroína. Adoro as conversas que ela tem consigo mesma, principalmente com a Deusa interior dela. Adorei "ouvir" Witchcraft do Frank Sinatra na história! Combina muito e eu adoro essa música *-* Comecei a gostar aí... Mas, de tudo, o que eu mais gostei foram dos E-MAILS. Foi com eles que eu me apaixonei de verdade. Tem como ser mais fofo?


"Srta. Steele, ele anda infernal esses últimos dias. Ainda bem que você está aqui"

Embora os palavrões tenham me surpreendido (desculpa, mas não estava acostumada com palavrões como "cacete" em um livro), eu não consegui parar de ler. O livro é muito divertido e emocionante, e E. L. James tem uma escrita cativante. Quem gosta mesmo de histórias diferentes, quem - como Christian Grey -  tem um gosto eclético, com certeza tem que ler.

Descobri que minha mente e minha imaginação tem uma maturidade maior do que eu pensava, e só pude concluir isso com o romance da incrível Erika L. James. Não sei como definir 50 Tons de Cinza, pois é uma daquelas leituras que te desafiam, que significa algo diferente pra cada um, e só quem leu consegue entender.


"Estou encantada com esse súbito e inédito ataque de sinceridade. Quem sabe é a hora? Algo na água da Geórgia? O ar da Geórgia? O que mais quero saber? Carpe diem."


Foi uma aventura na qual eu esperava desistir, mas me apaixonei pela trilogia e agora eu quero mais. Então, com certeza recomendo. Assim, rápido e de repente como seu sucesso, Cinquenta Tons de Cinza tornou-se um favorito para mim também.

P.S.: Estou com medo dessa provável adaptação cinematográfica.

LOL!

Morta desde domingo! *-*






Surtei quando ouvi (e claro que lembrei do Joey!):

I'll be there for you, my


Daqui a pouco!

Grammy 2013



A cerimônia de entrega será realizada hoje em Los Angeles. Confira as principais categorias abaixo:

Álbum do Ano
El Camino - The Black Keys
Some Nights - Fun.
Babel - Mumford & Sons
Channel Orange - Frank Ocean
Blunderbuss - Jack White
Trecho de "The A Team"

Gravação do Ano
"Lonely Boy" - The Black Keys
"Stronger (What Doesn't Kill You)" - Kelly Clarkson
"We Are Young (feat. Janelle Monáe)" - Fun.
"Somebody That I Used To Know (feat. Kimbra)" - Gotye
"Thinkin Bout You" - Frank Ocean
"We Are Never Ever Getting Back Together" - Taylor Swift

Artista Revelação
Alabama Shakes
Fun.
Hunter Hayes
The Lumineers
Frank Ocean

Canção do Ano
"The A Team" - Ed Sheeran
"Adorn" - Miguel
"Call Me Maybe" - Carly Rae Jepsen
"Stronger (What Doesn't Kill You)" - Kelly Clarkson
"We Are Young (feat. Janelle Monáe)" - Fun.

Performance Solo Pop
"Set Fire To The Rain" (Live) - Adele
"Stronger (What Doesn't Kill You)" - Kelly Clarkson
"Call Me Maybe" - Carly Rae Jepsen
"Wide Awake" - Katy Perry
"Where Have You Been" - Rihanna

Álbum de Rock
El Camino - The Black Keys
Mylo Xyloto - Coldplay
The 2nd Law - Muse
Wrecking Ball - Bruce Springsteen
Blunderbuss - Jack White

Canção de Rock
"Freedom At 21" - Jack White
"I Will Wait" - Mumford & Sons
"Lonely Boy" - The Black Keys
"Madness" - Muse
"We Take Care Of Our Own" - Bruce Springsteen

Álbum de R&B
Black Radio - Robert Glasper Experiment
Back to Love - Anthony Hamilton
Write Me Back - R. Kelly
Beautiful Surprise - Tamia
Open Invitation - Tyrese Gibson


Canção de R&B
"Adorn" - Miguel
"Beautiful Surprise" - Tamia
"Heart Attack" - Trey Songz
"Pray for Me" - Anthony Hamilton
"Refill" - Elle Varner

Álbum de Rap
Take Care - Drake
Food and Liquor 2: The Great American Rap Album Pt. 1 - Lupe Fiasco
Life Is Good - Nas
Undun - The Roots
God Forgives, I Don't - Rick Ross
Based on a T.R.U. Story - 2 Chainz

Canção de Rap
"Daughters" - Nas
"Lotus Flower Bomb (Feat. Miguel)" - Wale
"Mercy (Feat. Big Sean, Pusha T & 2 Chainz)" - Kanye West
"The Motto (Feat. Lil Wayne)" - Drake
"Ni**as In Paris" - Jay-Z & Kanye West
"Young, Wild & Free (feat. Wiz Khalifa, Bruno Mars)" - Snoop Dogg

Gravação Dance
"Levels" - Avicii
"Let's Go (feat. Ne-Yo)" - Calvin Harris
"Bangarang" - Skrillex
Florence +  The Machine
"Don't You Worry Child (feat. John Martin)" - Swedish House Mafia
" I Can't Live Without You" - Al Walser

Performance Pop Duo ou Grupo
"Shake It Out" - Florence and The Machine
"We Are Young (feat. Janelle Monáe)" - Fun.
"Somebody That I Used To Know (feat. Kimbra)" - Gotye
"Sexy and I Know It" - LMFAO
"Payphone (Feat. Wiz Khalifa)" - Maroon 5

Para ver a lista completa,  acesse o site oficial do Grammy  As indicações só englobaram trabalhos lançados entre 1º de outubro de 2011 e 30 de setembro de 2012. Façam suas apostas! Em itálico, marquei quem eu gostaria que ganhasse... E a grande questão é: Quem leva o Grammy hoje? *-*

Em breve...

Você já ouviu falar na saga literária Dezesseis Luas? A história, agora adaptada ao cinema, mostra o romance entre dois adolescentes: Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um jovem pouco sociável, que se apaixona por Lena Duchannes (Alice Englert). Logo, ele descobre que ela tem poderes sobrenaturais, mas se esforça para viver uma vida comum na escola onde estuda. Quando começa a ser perseguida por forças do mal, ela conta com a ajuda de Ethan para superar os adversários. A história também traz Emma Thompson (Eeeee!), Jeremy Irons e Viola Davis no elenco.


A trama traz muitas semelhanças com a Saga Crepúsculo, e deve conquistar os fãs do amor entre Bella e Edward. Nos três vídeos abaixo, os dois brigam, e Lena mostra seus poderes: na primeira cena, ela chove em cima de Ethan, mas pede desculpas na cena seguinte, quando acaba despertando um incêndio. Na última cena, você tem mais uma amostra dos efeitos especiais desta história, quando a garota revela seus poemas escritos pelo quarto.

Dezesseis Luas chega aos cinemas dia 1 de março de 2013. Confira o trailer legendado:

I dreamed a dream

Que assim seja!


Holler If You’re With Me

Foi lançado nesta Terça (05/02) no iTunes o primeiro single de Tate Stevens, vencedor da segunda temporada do The X Factor USA. A música se chama “Holler If You’re With Me” e fará parte do comercial da Pepsi que será exibida hoje durante a cerimônia do Grammy Awards, como parte do prêmio como vencedor do reality musical. Ouça “Holler If You’re With Me” no player abaixo:


A Maldição do Tigre - Playlist

Playlist dedicada ao incrível livro de Colleen Houck. Incluindo 10 músicas da Playlist Oficial de A Maldição do Tigre em TigersCurseBook.com


Paixão. Destino. Lealdade. Você arriscaria tudo para salvar seu grande amor?

Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco.

Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele.

O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço.

Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem.

A maldição do tigre é o primeiro volume de uma saga fantástica e épica, que apresenta mitos hindus, lugares exóticos e personagens sedutores. Lançado originalmente como e-book, o livro de estreia de Colleen Houck ficou sete semanas no primeiro lugar da lista de mais vendidos da Amazon, entrando depois na do The New York Times.

Os Miseráveis

Les Misérables
'O significado de perfeição cinematográfica'


Por Ana  M. B. Jesus (via Apaixonados Por Histórias)

Com figurinos criados de forma credível com base nas vestimentas do século XIX, maquiagens habilidosas que nos proporcionam assistir ao envelhecimento dos personagens como se os anos tivessem fluindo para os próprios espectadores, atuações brilhantes e profundas e com uma trilha sonora que perfeitamente se encaixa à história originalmente contada pelo escritor francês Victor Hugo, em 1862 (posteriormente transformado em peça teatral), Tom Hooper ("O Discurso do Rei") lança sua versão de “Os Miseráveis” (Les Misérables).
Assistido por uma equipe de produção e por roteiristas capazes, Hooper (diretor) consegue em cada cena valorizar as expressões e sentimentos dos personagens, destacando o conteúdo dessas através de uma trilha sonora clássica e original, cujas letras das músicas pouco se repetem, de forma a contar uma história ou caracterizar os sentimentos dos personagens, e cujas harmonias e melodias se movimentam da mesma forma, se tornando fortes no desespero dos personagens e fracas em sua conformação. O diretor ainda consegue trazer grande destaque à forma de contar a história através da ambientação, forte e escura, e, sobretudo, das atuações à excelência.
No papel de Jean ValJean, personagem condenado por roubo durante a Revolução Francesa e dezenove anos depois liberado do regime de “escravidão” em condicional se encontra o ator Hugh Jackman, dono de uma atuação bastante trabalhada e realista, tornando o protagonista da história quase que um ser real para nós. Mas a emoção nos rouba oito anos depois do início da história, quando Valjean, após quebrar sua condicional e trocar para uma identidade rica e que domina a cidade de Paris, permite que seu capataz despeça de uma de suas fábricas Fantine, interpretada de forma cuidadosamente estudada e treinada, profunda e brilhante ao extremo pela atriz Anne Hathaway, que nos faz sentir a agonia e a dor de sua personagem ao, sem emprego, ser obrigada a se prostituir para manter sua filha, cujo pai a tempos se fora, sob os cuidados de um casal desonesto dono de uma pensão famosa pela mediocridade.
Ao descobrir o fim de Fantine, ValJean tenta ainda ajudá-la, sentindo-se culpado por sua situação, mas, sem sucesso, promete-lhe, em seu leito de morte, cuidar de sua filha Cosette, o que se torna sua missão de vida.
Acompanhados por um elenco estelar e perfeitamente escolhido, com Russel Crowe como Javert, Amanda Seyfreid como Cosette, Helena Bonham Carter como Madame Thérnardier, Sacha Baron Cohen como Thérnardier e Eddie Radmayne como Marius, Hugh Jackman e Anne Hathaway levam o filme à excelência.
Recriando de forma um tanto fiel a história de V. Hugo, o filme, em seus primeiros minutos, é capaz de levar qualquer um às lágrimas e de fazer os espectadores sentirem em si próprios a emoção dos personagens, sendo digno de cada prêmio recebido na premiação do Globo de Ouro e de cada uma das suas oito indicações ao Oscar.


Prêmios recebidos no Globo de Ouro:
- Melhor Filme - Comédia ou Musical 
- Melhor Ator - Comédia ou Musical (Hugh Jackman)
- Melhor Atriz Coadjuvante (Anne Hathaway)




There’s a new world for the winning 
There’s a new world to be won 
Do you hear the people sing?


Indicações ao Oscar (2013):
- Melhor Filme
- Melhor Ator (Hugh Jackman)
- Melhor Atriz Coadjuvante (Anne Hathaway)
- Melhor Figurino
- Melhor Maquiagem
- Melhor Canção Original (Suddenly)
- Melhor Design de Produção
- Melhor Mixagem de Som

Diva