We Remain - #TeamXtina

Caiu na internet hoje a versão completa da música "We Remain" (Continuamos), que fará parte da trilha sonora do filme "Jogos Vorazes: Em Chamas", cantada por Christina Aguilera.




A trilha sonora do longa metragem chega ao mercado no dia 19 de novembro, e o filme estréia no Brasil no dia 15 do mesmo mês. E confira a diva Christina de volta ao The Voice (exibido toda Segunda e Terça nos EUA).



Via Vagalume

Meryl Streep e Johnny Depp no musical Into the Woods

Meryl Streep surge como uma bruxa na primeira imagem do musical Into the Woods

~SURTEM COMIGO!~


Johnny Depp (O Cavaleiro Solitário), Emily Blunt (A Jovem Rainha Vitória), Chris Pine (Além da Escuridão ‑ Star Trek) e Anna Kendrick (Pitch Perfect) completam o elenco da adaptação cinematográfica.

O Adoro Cinema é o responsável por esta ótima notícia (que quase me causou um enfarto! E imagine no dia da estréia como vai ser...). 



Poucos dias após o anúncio do começo das filmagens, o musical Into the Woods ganha a sua primeira imagem oficial! A foto dos bastidores revela a veterana Meryl Streep com um visual completamente diferente, com direito a cabelo azul e unhas enormes. Streep interpreta uma bruxa responsável por uma terrível maldição, que impede um casal (James Corden e Emily Blunt) de começar sua família.

A adaptação do premiado espetáculo da Broadway é assinada por James Lapine e conta com direção de Rob Marshall, nome responsável pelos musicais Chicago e Nine. A história apresenta diversos personagens dos contos de fada, como o lobo mau (Johnny Depp), a jovem Cinderela (Anna Kendrick) e o seu príncipe encantado (Chris Pine). Into the Woods será lançado nos Estados Unidos em 25 de dezembro de 2014, mas ainda não tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros.

Blanco Y Negro - Malú

Se que faltaron razones,
Se que sobraron motivos,
Contigo porque me matas,
Y ahora sin tí ya no vivo?

Te regalo mi amor, te regalo mi vida,
A pesar del dolor eres tu quien me inspira,
No somos perfectos, solo polos opuestos


Downton Abbey Season 4 Premiere

Mesmo com a saída de Jessica Brown Findlay (Sybil), Dan Stevens (Matthew) e Siobhan Finneran (O’Brien), Downton Abbey não perdeu o brilho como uma das séries de épocas mais assistida. 

Com a estreia da 4ª Temporada acontecendo hoje no Reino Unido, é garantida 
uma reviravolta na história, que terá um salto no tempo de seis meses separando o fim da terceira temporada do começo da quarta.


Mas é necessário indagar, até onde estas saídas garantem uma animação pela continuação do seriado, Downton Abbey vai perder muito sem estes atores e como a história ficará mais interessante do que triste?

A quarta temporada de Downton Abbey terá oito episódios, além do tradicional especial de Natal. O produtor executivo Gareth Neame promete adicionar mais romance, ódio, comédia, rivalidade e ambição à história.

Em minha opinião, Downton ainda promete muito. Não importa quantos morram ou saiam, tendo Maggie Smith e a incrível Lady Violet, Condessa Viúva, ainda estaremos apaixonados pela trama #TeamDowager.

Três coisas que precisam acontecer na season 4: 
1ª Mr. Carson e Mrs. Hughes ♥
2ª Lady Edith conseguir casar (pq coitada, né?!)
3ª Ninguém morrer

Para os próximos episódios, podemos contar com participações de Dame Harriet Walters (como uma amiga de Lady Violet), Nigel Harman (como um visitante chamado Green), Tom Cullen (o novo interesse amoroso de Mary) e, talvez a mais esperada, Paul Giamatti (que interpretará o papel de Harold Levinson, o irmão playboy de Cora).

Uma coisa eu posso garantir, Downton Abbey sempre nos surpreende. Quando você acha que a calmaria chegou, puf!, lá está Julian Fellowes criando suspiros e revoltas. 
E edição, fotografia, direção e trilha sonora continuarão perfeitas...

“Você tem uma escolha clara: você deve escolher a morte ou a vida”


“Você acha que eu deveria escolher a vida?”

Pensando o dia todo

— You’re A Good Man, Charlie Brown

- You’re A Good Man, Charlie Brown

Castle: É amanhã!

"May the dance never end and
the music never stop"



"Que a dança nunca termine e a música nunca pare"

EMMY AWARDS!

A Noiva Cadáver... Não, pera!

Roar - Katy Perry

I got the eye of the tiger, a fighter, dancing through the fire
'Cause I am a champion and you're gonna hear me roar
Louder, louder than a lion
'Cause I am a champion and you're gonna hear me roar
Oh oh oh oh oh oh
You're gonna hear me roar


Castle: 4 dias!

sudsy95:

Forever reblog

Mr. Gray ♥

Season 4 Downton Abbey: 3 dias!




(Image by Indian Girl)

Inferno - Dan Brown

DICA DE LEITURA

Título: Inferno
Autor: Dan Brown
Páginas: 448
Editora: Arqueiro

Neste fascinante thriller, Dan Brown retoma a mistura magistral de história, arte, códigos e símbolos que o consagrou em "O Código Da Vinci", "Anjos e Demônios" e "O Símbolo Perdido" e faz de Inferno sua aposta mais alta até o momento.

No coração da Itália, Robert Langdon, o professor de Simbologia de Harvard, é arrastado para um mundo angustiante centrado numa das obras literárias mais duradouras e misteriosas da história: O Inferno, de Dante Alighieri.

Numa corrida contra o tempo, ele luta contra um adversário assustador e enfrenta um enigma engenhoso que o leva para uma clássica paisagem de arte, passagens secretas e ciência futurística. Tendo como pano de fundo poema de Dante, e mergulha numa caçada frenética para encontrar respostas e decidir em quem confiar, antes que o mundo que conhecemos seja destruído.

Trecho que eu precisava compartilhar, pois é claro, que nem Dan Brown poderia deixar passar:
"Robert, não temos acesso a jatinhos particulares para autores de livros sobre história religiosa. Se quiser escrever 'Cinquenta tons de iconografia', aí podemos conversar." - pág. 251


Uma mulher com cabelos prateados o encarava… Robert Langdon olhava para ela através de uma névoa que recusava-se a dissipar. Ele deu uma passo a frente, e foi então que percebeu as águas de um rio ensanguentadas, corpos enterrados vivos de cabeça para baixo – contorcendo-se em agonia.

Busca, sussurrou a mulher, e encontrarás. Esta foi a única mensagem que a bela senhora lhe deixou.
Enquanto acordava desse terrível pesadelo, as imagens perturbadoras iam se materializando, mas Robert não entendia seu significado. Ele está desorientado e não se lembra como foi parar em um hospital. A dor lancinante em sua nuca indica que foi ferido, mas o que realmente aconteceu? As últimas 36 horas desapareceram de sua mente, um branco total. Ele fica ainda mais surpreso quando descobre que está em Florença, na Itália.

Entretanto, Robert não teve muito tempo para digerir essa enxurrada de informações, pois alguém está tentando matá-lo. O que ele havia feito para ser caçado? Ainda sob efeito de sedativos, Robert foge com a ajuda de Sienna Brooks, a médica que cuidou de seus ferimentos. Através dela, ele descobre que levara um tiro na cabeça e que estava sofrendo de amnesia pós-traumática.


Leia o texto original no Lendo nas Entrelinhas por Hérida Ruyz. 

True Love

Castle: 6 dias!

Bones is back!

Tenha fé em si mesmo!

"Quero que passe a ter mais fé em si mesma. Enquanto se deixar abater, enquanto permitir que sua mente domine seu coração, sempre haverá uma dúvida. Sua luz não brilhará enquanto você enxergar apenas as sombras."


Fragmento da carta de Lolla DeWitt para Tatianna em "Sabores Mortais", o último livro da Trilogia das Cartas

Rock In Rio 2013: Palco Mundo

 FLORENCE AND THE MACHINE


Já diz a página do G1, na qual roubei todas as fotos do show, que 'Florence ganha Rock in Rio no grito com pose de 'louca e feiticeira'. Não irei negar nada, nem a pose de louca (gritou e correu mais do que criança. Gentee, ela é uma linda!) e feiticeira, sendo esse último uma das coisas que mais me atraiu nas músicas dela.

Florence and the Machine dividiu seu repertório entre os discos "Lungs" (2009) e "Cerimonials" (2011), que contou com: Cosmic Love, Spectrum, Drumming Song, Rabbit Heart, as minhas favoritas No Light, No Light e Shake It Out, entre outras.
Para finalizar, o hit 
"Dog Days Are Over", que foi recebido com muita energia pelos fãs, e demonstrou o fôlego e a bonita voz da querida Florence. 


Toda a performance foi muito bem feita e elétrica, diferente de uma apresentação em Londres, exibida pelo canal Film&Arts, que eu assisti uma vez.


You’re my one in five billion

Happy 20th Anniversary!

#XFiles #XFTurns20 #20thXF

Arquivo X - 20 Anos

Depoimento para o especial de 20 Anos da série desenvolvido pelo  Arquivo X Episodes Guide. Não deixe de conferir todos os depoimentos do fandom, pois essa série mudou a vida de todos nós...
 

The truth is out there. And I want to believe.
Quem nunca ouviu histórias, spoilers e frases memoráveis relacionadas a Arquivo X? Quem nunca ouviu a abertura de Arquivo X e imediatamente associou a alienígenas, mesmo sem ter visto a série? Eu garanto, todo mundo já ouviu algo sobre Mulder, Scully e os Arquivos X...




A primeira vez que me deparei com esse mundo foi em um fanart relacionado a Bones. Fiquei muito curiosa e uma amiga disse que já tinha assistido, que era muito bom e que ela adorava. Ela me recomendou, mas por um bom tempo eu relutei...


30 de março de 2012. Essa foi a primeira vez em que eu vi AX. Estava passando o 3x12 - War of the Coprophages no TCM. Achei muito interessante e pensei: pode valer a pena. É claro que fiquei fã de primeira da Scully quando ela faz aquela cara e pergunta: "Her name is Bambi?" *---* uhauhauha Como não amá-la?


Depois disso eu comecei uma maratona. Aluguei as primeiras temporadas e fui vendo aos poucos. Em junho, essa minha amiga que tanto falava de Arquivo X, a Poliana, me deu de aniversário a coleção completa do seriado. Embora seja gravada dos originais dela, é a coleção que mais estimo. Junto com os dvds, ela também me deu um livro da série: "A Morte Vem do Espaço" (3x13). Eu não preciso dizer que de repente estava viciada e apaixonada, certo?

Meus episódios favoritos são em grande maioria os shippers, mas tem uns que me impressionaram muito como o 1x3 - Squeeze, 4x15 - Momento Mori (como não se emocionar?),  5x07 - The Post-Modern Prometheus (Cher na trilha sonora! Eu surtei! Amo ela!), 5x12 - Bad Blood (Ri demais!), entre outros. 
Eu tenho uma lista dos episódios que eu posso ver e rever sem me cansar, mas o espaço é pequeno e eles devem constar na lista da maioria de vocês também uhauhah *--*
Gosto da 8ª (amo o cabelo da Scully aqui!) e da 9ª temp. Mas a minha favorita blaster, em que adoro praticamente todos os episódios, é a 6ª (The Begining, Triangle, Dreamland, Arcadia, Three of a Kind, The Unnatural, Biogenesis, etc.)
Arquivo X foi uma das melhores coisas que me aconteceu naquele ano. E me salvou de várias formas...


"Até mesmo quando o mundo estava desmoronando, você foi minha constante... Meu porto seguro."

E com o 'Arquivo X - Episode Guide' eu redescubro e sinto tudo de novo o que AX já me proporcionou uma vez. Sério, eu adoro as reviews dos episódios que vocês fazem e dou muita risada. Tem muitas 'citações' que vocês fazem que eu adoro! As que eu mais gosto são:

"Os muito céticos ainda duvidam... mas nós dizemos: queridos... essa sequer foi a primeira vez."
"Mas ela perdeu uma boa oportunidade de tirar com a cara dele, não? O que vocês fariam? Ok... eu sei o que vocês fariam, suas assanhadas! kkk"

"06x19 - The Unnatural Eita episódio amado! Confesse que você quer apenas ver o começo e o final (como em All Things)!"

"Não a sua alma gêmea, mas o seu oposto perfeito..."

E a minha favorita... "Nos dava até diabetes de tanta doçura".

Arquivo X é uma série que chegou de forma silenciosa até mim, mas me conquistou sem muitos esforços.
Após 20 anos, o mundo de seriados e de conspirações sabem que grande história é essa e o quanto a parceria de Mulder e Scully significa. Sim, presente, pois algo tão grande quanto essa série não chega ao fim tão cedo.
Arquivo X sempre estará lá para nos entreter, nos divertir, para fazer com que nos apaixonemos de novo e de novo, nos fazer pensar, sentir e... acreditar.